Skip to content

Egocentrismo

setembro 22, 2008

O orgulho que tenho é tão imenso,

Que não há quem caiba no peito.

Só sigo meu caminho.

Com o olhar sempre acima da linha do meio,

E se o abaixo, é meu umbigo que vejo.

Mesmo com tal arrogância,

A mim já chegaram dispostos amigos.

Ontem mesmo,

O ego veio falar comigo:

“Você se acha o dono do mundo,

Mas vive a chorar escondido.

Se não aceitar o amor que tenho,

No túmulo morrerá sozinho!”

Quanta petulância me dizer isso

Sem temer o perigo.

Só lhe dei importância,

Pois sem meu ego

Sei que não existo.

Yvone Delpoio

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: