Skip to content

Cola-Tudo – Flora Figueiredo

abril 17, 2008

Encontrei um verso fraturado,
caído na esquina da rua do lado,
Tinha se perdido de um coração saudoso
que passava por ali, desiludido.
Coloquei-o de pé,
emendei seus pedaços,
refiz suas linhas,
retoquei seus traços.
Afaguei suas dores como se fossem minhas.
Agora, novamente estruturado,
espero que ele não olhe para trás
e não misture sonhos
com amargas falências do passado;
que saiba enfeitar a estrela lá na frente
com fartos laços de rima colorida.
… pois é para o futuro que caminham
todos os passos apressados desta vida.

 

Flora Figueiredo

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. marcia permalink
    maio 21, 2008 7:51 pm

    Flora, sou sua fã, faz alguns anos, gostaria de descobrir em que livro tem o poema AMIGOS, que foi editado pela revista Claudia, há alguns anos.
    Um abraço de sua fã……

  2. maio 21, 2008 9:25 pm

    Olá, você está enganada eu não sou a Flora!!! Eu apenas reproduzi a poesia dela aqui no meu singelo blog, alias peço q vc visite outros post tb… Beijos

  3. dofus1337 permalink
    fevereiro 15, 2011 8:46 pm

    afê fiz esse negocio de poema so q eu tinha q coloca na ordem so q o começo eu colokei como final pqp ¬¬’

  4. fevereiro 22, 2011 3:30 am

    desculpe dofus, não entendi nada rss.. quer ajuda em algo?
    bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: