Skip to content

Completa

fevereiro 27, 2008
tags: ,

Meu coração está cheio de amor
Eu divido meu coração na metade
Com a metade do coração do meu amor
Que também tem metade do meu coração
Mas todo o meu amor

Na complexidade deste amor
E do mundo sem amor
Dividamos nosso amor com o mundo,
Cheios de esperança
Nós vencemos as pequenas quebras
Do encaixe dos nossos corações
Que completam um amor harmonioso e eterno
No universo que criamos

E só nós podemos dizer
Onde começa e quando termina
Só nós sabemos os sinais
De alegria ou até mesmo tristeza
Porque não há felicidade a todo minuto
Mas em um minuto
Podemos trazer felicidade a quem chora
Ao sorrir em meio à tristeza

Ao termos nossos corações ligados
Podemos sentir tão forte os batimentos
Sensíveis aos sentimentos do outro
Tudo se confunde, se entrelaça, se mistura
E se não houvesse essa união de corações
Seríamos vazios de alma
Faltaria-nos o essencial para sermos completos

A busca eterna do homem pela felicidade
É de sentir-se completo
Sentimento que temos quando amamos.
Quando digo que meu coração está cheio de amor
Estou dizendo que sinto-me inteiramente completa
Tanto no coração como na alma
E com alma completa
Experimento o universo
Intensamente!

Yvone Delpoio

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: